Bolsa de Estudos do CsF: A Inscrição (Parte 1)

A pergunta é muito simples: como eu consigo uma bolsa de estudos paga pelo governo para estudar no exterior? É o sonho de muita gente, e eu sou muito grata por ter conseguido agarrar essa oportunidade única.

Claro que a decisão de fazer um intercâmbio não pode ser tomada de repente. É preciso pensar, refletir e pensar de novo. Eu, por exemplo, vinha pesquisando e procurando há pelo menos dois anos sobre estudo no exterior até ficar sabendo sobre o Ciência sem Fronteiras.

Mas se você já tem namorado essa idéia há um tempo e já sabe o que quer da vida, continuemos. Já deixo o aviso: não é um processo simples nem rápido. Dá trabalho, e vai te deixar frustrado e estressado muitas vezes. Mas lembre-se: você sonhou com isso a vida toda. Você quer muito um intercâmbio. E sofrer para consegui-lo só vai te tornar mais forte 😉

Então, vamos ao que importa!

Passo 1: Ler o edital de inscrição

Para cada período de inscrições, o CNPq lança um edital. Neste edital estão todas as instruções que você precisa para tentar conseguir a bolsa. Ele muda para cada país e também muda com o tempo, dependendo das mudanças que o CNPq quiser fazer nas regras. Para dar uma olhada nos editais e ver o que você terá que encarar, faça o seguinte:

Entre no site do Ciência sem Fronteiras (http://www.cienciasemfronteiras.gov.br)

Vá em “Inscrições e Resultados”

inscricoes

Clique no “+” ao lado de “Chamadas abertas”

chamadas

Veja os links abaixo do item “Graduação”. Essa é a parte do site que você tem que ler com muita atenção. Além de uma lista dos países que têm inscrições abertas, tem uma página chamada “Instruções“. Não deixe de lê-la.

graduacao

Agora, dê uma olhada nos países disponíveis. Eles também mudam o tempo todo, então você tem que ficar atento se quiser a bolsa de estudos para um lugar específico. Maaas, como estamos só dando uma primeira olhada, clique no primeiro país da lista. No caso, era a Áustria.

Se você já sabe que este país é o seu escolhido, essa é a hora de baixar todos os arquivos disponibilizados nesta página. Na verdade, tudo nesta página é muito importante pra você. Se você escolher fazer a inscrição para a Áustria, por exemplo, essa é a única página no site do Ciência sem Fronteiras que vai te dar as informações que você precisa. Salve nos favoritos, imprima ou simplesmente decore tudo.

austria

Os arquivos que estão ali é que são a chave. O chamado “Texto Original” é o tal edital, em sua primeira versão. No decorrer do tempo pode ser que o CNPq queira fazer alguma mudança nas datas ou em qualquer outra informação que estava no primeiro edital, e aí eles lançarão uma “Retificação”. Fique atento a isso também, porque o site não avisa por email nem coloca na página inicial quando sai uma retificação. Ela só aparece lá, e por isso é bom que você entre na página pelo menos uma vez por semana.

Também é bom deixar claro: só porque o edital passado para o Reino Unido, por exemplo, foi de um jeito, não quer dizer que o próximo será igual. Tome muito cuidado com isso e evite se comparar com amigos e conhecidos que fizeram inscrição em editais diferentes, a história deles dificilmente será igual à sua.

Os outros arquivos que você provavelmente vai encontrar serão: “Parceiro na Áustria” e “Formulário de Inscrição”.

O “Parceiro na Áustria” vai te levar para o site de um órgão. Esse órgão é quem vai fazer a intermediação entre você, o CNPq e a universidade que você vai estudar no exterior. Obviamente cada país tem um e são todos muito diferentes, mas já vá se acostumando com a idéia de que este órgão é o seu anjo da guarda. Eles vão responder a maioria das suas dúvidas sobre o país que você está indo e tentarão te ajudar na transição.

O “Formulário de Inscrição” é… bom, o formulário de inscrição. Você vai acessar esse link quando estiver com tudo pronto para fazer a sua inscrição no programa. Vamos explicar isso direitinho mais adiante.

Passo 2: Atender aos requisitos do candidato

Isso – novidade – também depende do país. Por isso é tão importante ler, imprimir e ter o seu edital sempre com você, porque as informações dele são muito específicas e é fácil deixar passar alguma coisa. Mas os requisitos geralmente são esses:

– Estar regularmente matriculado em curso de nível superior nas áreas contempladas em uma Instituição de Ensino Superior (IES): Este primeiro requisito pode parecer óbvio e tranquilo, mas é onde muita gente fica para trás. O que diz aqui é que você não só deve estar na faculdade (todo mundo já sabe isso, eu sei), mas que o seu curso deve estar nas áreas prioritárias do Ciência sem Fronteiras. Infelizmente muitos cursos de Artes e Humanas estão sendo deixados de fora, então é bom acessar esta lista aqui e ver se o seu curso está nela.

– Ter nacionalidade brasileira: dã.

– Ter entre 20% e 90% do curso de graduação completo: O cálculo para isso é simples. Em algum lugar na sua universidade, você deve conseguir um histórico escolar com todas as matérias que você já cursou e vai cursar nos quatro anos de faculdade. Conte quantas matérias você tem que fazer no seu curso todo, conte quantas você já fez e faça a porcentagem. Mamão com açúcar.

Se essa porcentagem for menor que 20%, você não tem opção a não ser esperar. Se estiver quase terminando a faculdade e sua porcentagem estiver maior que 90%, uma saída espertinha é desistir de uma ou duas matérias (se ainda der tempo) para poder se inscrever. Se mesmo assim não rolar, infelizmente você não vai poder se inscrever.

– Ter perfil de aluno de excelência, baseado em bom desempenho acadêmico segundo os critérios da IES: Viu? É bom ter boas notas. Não sei se é um critério realmente sério, mas para não dar chance ao acaso, mantenha suas notas boas em toda a faculdade.

– Comprovar proficiência no idioma: Nesta parte o edital especifica a língua que você deve saber para  conseguir a bolsa e quais provas você pode fazer para provar o seu conhecimento, além das notas mínimas que deve tirar para ser aceito. Esta é a parte difícil da etapa, porque você precisa marcar a data levando em conta várias outras datas, como o prazo final de inscrição no programa e o tempo de lançamento dos resultados.

Além disso, reserve um tempo para estudar. Muita gente encara essas provas como meros “diagnósticos” do seu conhecimento de inglês, mas não se esqueça que você precisa atingir uma nota mínima para conseguir a bolsa. Então, estude! É muito importante, e saber bem o idioma vai te ajudar na transição para o novo país.
Entretanto, não marque a prova na última hora. Leve em conta que essas provas são muito facilmente canceladas, os resultados às vezes demoram a sair e os Correios podem entrar em greve e seu boletim não ser entregue na sua casa (como aconteceu comigo, hehe).

Pronto, esses são os requisitos do CNPq. Na maioria das vezes.

Passo 3: Fazer a inscrição

Calma que ainda não acabou. Na verdade, está só começando 😉

Para provar que você está dentro dos requisitos do CNPq, no momento de inscrição você terá que enviar, via site, alguns documentos digitalizados. São eles:

– Histórico escolar de graduação

– Comprovantes de prêmios de mérito acadêmico: te ajudarão na hora de ser classificado pelo CNPq como um bom aluno ou não. Na dúvida, pegue todos os seus prêmios de ensino fundamental, médio e graduação. Olimpíadas, congressos, competições estaduais ou nacionais, tudo vale. Só não vale certificado de participação 😉

– Comprovantes de participação em programas de iniciação científica: isso é importante para qualquer acadêmico que pretende gerar conhecimento, porque te ensina as normas e processos a seguir quando você está trabalhando em pesquisas e artigos científicos. E o CNPq não se chama “Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico” à toa. Eles gostam disso.

Agooooora, sim, é a hora do Formulário de Inscrição. Quando clicar no link disponibilizado na página do seu edital, a página que vai abrir vai te pedir seu CPF e sua senha.

cadastrar

“SENHA?! QUE SENHA?! EU NÃO SEI MINHA SENHA AIMEUDEUSAIMEUDEUS”

Relaxa. Isso é a senha do seu login na plataforma Lattes. Algumas pessoas que já estiveram envolvidas com o CNPq em algum projeto já têm currículo cadastrado lá e sabem do que eu estou falando, mas a maioria vai ter que cadastrar um currículo novinho na plataforma.

Clique em “Quero me cadastrar”, faça um novo cadastro e… bom, eu não lembro direito dessa parte, hehehe 😉 Mas sem pânico, é fácil.

Enfim, eventualmente você será levado a uma página para fazer upload de todos os documentos requeridos. Ou seja: tenha-os digitalizados com antecedência. Deixar para fazer a inscrição na última hora nunca deu certo pra ninguém.

Faça upload de cada documento em seu devido lugar. Evite demorar muito, porque depois de um certo tempo a página expira e você é obrigado a fazer tudo de novo. Mas também não faça tudo correndo, obviamente. Envie os documentos, leia atentamente as instruções na página, confira tudo duas vezes e pronto. Sua inscrição está feita.

O que vem a seguir? Descubra no próximo post 😉

Boa sorte!

Anúncios

8 Respostas para “Bolsa de Estudos do CsF: A Inscrição (Parte 1)

  1. Oi Mariana! post ótimo e completão!
    (alguns links estão sem link rss!?!)
    sobre o que foi a sua pós? você poderia fazer um post sobre isso? me interesso pela área de artes, design.

    Obrigada pelas dicas!!

    • Oi Nanci, conferi todos os links do post e estão todos funcionando, talvez seja um probleminha de configuração no seu próprio computador. Eu não fiz pós, eu fiz graduação-sanduíche, que significa que eu faço uma parte da minha graduação no Brasil e outra no exterior 🙂

  2. Oi Mari, adorei esse post! Esclareceu algumas dúvidas, ficarei esperando as próximas publicações. Assim como você, sempre tive um sonho de fazer intercâmbio. Mas aí fica a minha dúvida, acho que você faz este curso então vou perguntar, como é fazer publicidade? O retorno é bom? O que acrescenta esse intercâmbio na sua carreira? Estou pensando fazer Publicidade (algo ligado às artes/comunicação) ou direito. Dúvida cruel, gostaria de saber sua opinião sobre a Publicidade. Obrigado, grande beijo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s